acesse-me

Quem somos e o que fazemos?

Somos uma rede de acesso às histórias de pessoas que vivem situações singulares, para a informação e a construção de um ambiente de colaboração nascido das próprias experiências.

Propósito

Assista ao nosso teaser, com a participação do nosso amigo Pedro Muriel (abaixo), entenda um pouco melhor o nosso propósito e o que será a nossa plataforma.

*O APP

Como funciona?

Cadastre-se, conte sua história e compartilhe suas experiências. Assim você poderá acessar outras histórias, caminhos, profissionais, produtos e serviços. Além disso, ainda poderá postar fotos, vídeos, saber quantas pessoas você ajudou e fazer parte da comunidade que se engaja para tornar o mundo mais acessível.

null

Perfil Pessoal

Pessoa acessível dentro da rede Acesse-me.
null

Perfil Profissional

Quando um profissional é citado em uma história, ele também pode ter um perfil.
null

História

A história escrita por um perfil pessoal.

*Apoio

Quem já está com a gente

Pedro Muriel

“Sou um poeta mineiro, tenho 2 livros publicados e em 2019 fiz um show de lançamento de 60 poemas : POEMACAST, que para mim significa celebrar o encontro entre pessoas literatura e compartilhar poesia.”

Laura Martins

“Apaixonada por literatura, viagens e pessoas, criei o blog CADEIRA VOADORA onde entrego dicas de lugares por este mundo onde a inclusão se faz presente e nos permite participar.”

Melissa Reis

“Sou apaixonada pela dança e bailarina desde os 12 anos. Aos 17 anos sofri uma fratura na perna em um acidente, passei por 40 cirurgias, mas depois de uma infecção severa, acabei amputando minha perna, 13 anos após o acidente. Me redescobri, criei uma prótese inédita e sou uma bailarina renovada.”

Gabriel Couto Rocha

“Sou Rodrigo e vou falar pelo meu filho Biel, que é paraplégico e tem paralisia cerebral em decorrência da falta de oxigenação durante o processo de gestação. Fazemos corrida de rua há 5 anos e em 2019 iniciamos o Triathlon e é esta interação que proporciona à ele uma autoestima e um bem psicológico fantástico.”

Larissa Mariano

“Tenho 23 anos, sou formada em jornalismo, apaixonada por escrever e trouxe a inclusão para dentro das minhas pautas, das palavras e da vivência também, porque acredito que compartilhar sempre soma para todo mundo que se envolve. Tenho paralisia cerebral, nasci prematura de 5 meses, fui diagnosticada aos 8 meses e aí iniciamos uma jornada de reabilitação e apesar dos exames apontarem um grau elevado e um estado mais grave, tenho cognitivo normal e ando com auxílio de muletas.”

Ana Paula Duarte

“Cheguei neste mundo com pressa quando minha mãe ainda estava nos seis meses de gestação. Com quase um ano de vida, descobri a minha deficiência física: diplegia espástica e, nela, um desafio! Minha família é  fundamental na minha evolução e são os meus maires apoiadores. Cursei a faculdade de Direito, área na qual trabalho atualmente. Além do Direito, me dedico ao Bloco da Aninha, uma página sobre possibilidades – carnaval, acessibilidade e pessoas.”

Leonardo Mendonça

“Tenho 24 anos e aos 19 fui amputado de ambas as pernas. Meu maior desafio foi o aprendizado desta nova vida. Hoje o meu dia a dia é muito ativo, sou triatleta e viajo competindo, me movimento sempre pois nesta vida nada vem de graça, temos que ir em busca e eu vou.”

Ricardo Malta

“Sou professor, dançarino e DJ. Há 15 anos me tornei deficiente visual, eu acordei e não enxergava mais, foi desafiador mas não parei, continuei e assim encontrei novas formas de seguir meu novo caminho.”

Tulio Max

“Sou Tulio Max, professor, educador físico, amputado aos 62 anos por motivo de uma trombose. Eu me reinventei e vivo intensamente minha vida praticando esportes e aprendendo mais todos os dias.”

*FAÇA PARTE

Cadastre-se

E-Mail

atendimento@acesseme.com

Onde estamos

Belo Horizonte, MG

INSTAGRAM

@acesse_me

FACEBOOK

@acesseme

PINTEREST

acesseme

TWITTER

@acesse_me